OFFLINE

Duration: 00:00 | Max Live Viewers : 2 | | Embed

Comments (0)

Please login to send a comment to f:Hannah Kaufmann Mattsson. (Terms of Service
Level: 2
Subscribe
Talvez, quem sabe, um dia
por uma alameda do zoológico
ela também chegará
ela que também amava os animais
entrará sorridente assim como está
na foto sobre a mesa
ela é tão bonita
ela é tão bonita que na certa eles a ressuscitarão
o século trinta vencerá
o coração destroçado já
pelas mesquinharias
agora vamos alcançar tudo o que não podemos amar na
vida
com o estrelar das noites inumeráveis
ressuscita-me
ainda que mais não seja
porque sou poeta
e ansiava o futuro
ressuscita-me
lutando contra as misérias do quotidiano
ressuscita-me por isso
ressuscita-me
quero acabar de viver o que me cabe
minha vida, para que não mais existam amores servis
ressuscita-me
para que ninguém mais tenha de sacrificar-se
por uma casa, um buraco
ressuscita-me
para que a partir de hoje a partir de hoje
a família se transforme e o pai seja pelo menos o
Universo
e a mãe seja no mínimo a Terra
a Terra
a Terra

Live History (6)

Duration: 06:16 | Total: 6 Views
Muita polícia.
Duration: 16:09 | Total: 4 Views
MidiaLivre
Duration: 06:57 | Total: 3 Views